'A Wake', estrelado por Noah Urrea sofreu um alto índice de pirataria
'A Wake', estrelado por Noah Urrea sofreu um alto índice de pirataria na internet (Reprodução/Divulgação)

Noah Urrea: ‘A Wake’ sai do ar após alto índice de pirataria

Matheus Santos

Matheus Santos

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Você provavelmente já ouviu falar de Noah Urrea através do Now United onde o jovem de 19 anos representa o Estados Unidos no grupo de pop global. Porém o garoto resolveu agraciar os fãs com outros ‘dotes’ estrelando o filme ‘A Wake‘, traduzido no Brasil como ‘O Velório’. Acontece que nem tudo saiu como planejado e o filme que estreou na ultima segunda-feira (15) precisou ser retirado o ar.

Pirataria interrompeu a reprodução de ‘A Wake’

A produção independente ‘A Wake’ estreou no Brasil através da plataforma Vimeo no dia 15/06 às 19h. Estrelando Noah Urrea, o longa foi vencedor na catégoria Melhor Filme LGBTQ+ no Big Apple Film Festival, em Nova Iorque. Em poucas horas após a estreia no Brasil, o filme contava com um alto numero de cópias espalhadas pela internet. O alto índice de pirataria levou o diretor Scott Boswell a remover o filme da plataforma

Noah Urrea em 'A Wake'
Noah Urrea interpreta os gêmeos Mitchel e Mason em ‘A Wake’ (Reprodução/Divulgação)

Noah Urrea realizou a seguinte publicação em seu Twitter na madrugada desta quarta-feira (17) mostrando seu descontentamento com o alto índice de pirataria afetou negativamente a reprodução de ‘A Wake


Até o inicio desta terça-feira (16), ‘A Wake’ estava disponível para locação na plataforma por US$1,99 (aproximadamente R$10). O filme ficará disponível até 17/06 para os fãs que o alugaram anteriormente

Na internet, fã clubes e portais ligados a Noah Urrea lamentaram a pirataria que envolveu o filme e apoiaram a decisão do diretor Scott Boswell em retirar a o filme da plataforma Vimeo

Fãs combatem a pirataria

Fãs de todo o mundo se juntaram nas redes sociais para denunciarem qualquer reprodução não autorizada do filme na internet.

Até o momento dessa matéria, o filme ainda estava disponível na plataforma Youtube. Comente abaixo sua opinião sobre o caso

Se inscreva no canal do Mundo Teen

Copyright © 2020, Mundo Teen. Todos os direitos reservados.